Hospital Garcia de Orta S.A,  Almada-Portugal

Serviço do Ortopedia e Traumatologia

Director: Dr. Nuno Craveiro Lopes

Coordenadora da Ortopedia Infantil: Drª Carolina Escalda

 

 

O NOSSO BÉBÉ NASCEU COM

PÉ BOTO

 

Existem mais como nós?

Sim... O Pé Boto é uma deformidade congénita do pé, que afecta 1 a 8 por cada 1000 crianças nascidas.

É hereditário?

Existe uma influência genética. E outras pessoas na família poderão ter pé boto...

Afecta mais os meninos ou as meninas?

Os meninos!

Atinge mais o pé direito ou o esquerdo?

Em metade dos casos é bilateral, ou seja, atinge os 2 pés!

Está associado a outras doenças?

Em  raros casos, pode estar... Mas na maioria das vezes o pé boto ocorre em bébés normais e não se sabe a etiologia da deformidade.

O Pé Boto pode ser tratado?

Sim!!! O objectivo do tratamento é tornar o pé do bébé funcional, indolor e com aspecto normal, para que possa usar sapatos normais, andar e correr sem problemas. Para isso, seguimos o  Método de Ponseti! Devemos começar nos primeiros dias de vida, se possível! 

O que é o Método de Ponseti?

Trata-se de um método de tratamento não cirúrgico, desenvolvido pelo Dr. Ignacio Ponseti nos Hospitais da Universidade de Iowa. Baseia-se na anatomia e biomecânica do pé, aproveitando a plasticidade dos ligamentos e tendões do bebé. Consiste em corrigir gradualmente o pé, através de uma técnica de manipulação suave e correcta e aplicação seriada de gessos, suavemente moldados que vão desde o pé à virilha, com o joelho em flexão.

Com o Método de Ponseti não é preciso operar?

Não!!! Em 95% das crianças, o pé é corrigido sem recurso a intervenção no bloco operatório... Contudo, na maioria dos casos é necessário um pequeno corte acima do calcanhar (tenotomia do Tendão de Aquiles), que pode ser realizada na Consulta com anestesia local, antes do último gesso. O tendão volta a regenerar-se, com o comprimento adequado!

Quantos gessos serão necessários?

Depende da gravidade do pé... Mas, geralmente, nunca mais de 10 gessos!

  De quantos em quantos dias são feitos os gessos?

Normalmente, os gessos são mudados cada 5 ou 7 dias. O último gesso permanecerá durante 3 semanas.

O tratamento pelo Método de Ponseti dói?

Não!... Nas primeiras 24 horas após o gesso, o bebé poderá estar mais agitado, mas rapidamente voltará a ficar confortável!

Que devemos fazer?

Evitar sujar o gesso; confirmar frequentemente que os dedos dos pés estão rosados e bem visíveis; colocar uma almofadinha debaixo dos gessos, deixando o calcanhar livre. Qualquer dúvida, contactar o Médico Ortopedista!!!

No dia da consulta devemos ter algum cuidado especial?

Sim... O bebé deverá sempre comer pouco tempo antes da Consulta! É aconselhável trazer um biberão com leite... O bebé fica mais relaxado e facilita o tratamento!

Quanto tempo demora o tratamento com gessos?

Cerca de 2 meses, no total!...

E depois dos gessos?...

Depois dos gessos, a missão dos pais é ainda mais importante...

O bebé vai ter que usar uns sapatos colocados numa posição específica e unidos por uma barra: o Brace de Abdução dos Pés (BAP).


Durante quanto tempo o nosso bebé vai usar o BAP?

Até aos 3-4 anos!... Nos primeiros 3 meses após o último gesso, o bebé tem que usar o BAP durante 23 horas por dia, ou seja, o BAP só pode ser retirado para dar banho e brincar um pouco... Depois, o BAP deverá ser aplicado sempre que o bebé estiver a dormir, por periodos mínimos de 12 horas até 18 horas, conforme for indicado pelo Médico Ortopedista. De resto, usará sapatos normais...

Porque é tão importante usarmos o BAP?

Para evitar que a deformidade recidive!... Os factores que provocam esta doença, mantêm-se activos durante os primeiros anos de vida...

    

E pode ser necessário voltar aos gessos?

Em casos raros, pode ser necessário voltar a efectuar novos gessos... Mas a maioria dos bebés evolui muito bem após a aplicação do BAP!... 

Usar correctamente o BAP, durante as horas indicadas pelo Médico Ortopedista é a única forma eficaz de garantir que o nosso bebé vai ser um adulto com pés normais!!!

 

INFORMAÇÕES ÚTEIS

 

www.vh.org/pediatric/patient/orthopaedics/clubfeet/index.htm

www.peboto.grupos.com.pt

 

Contacto da Médica Ortopedista: Dra Carolina Escalda

Consulta PÉ BOTO Quarta-Feira 13h

Serviço de Ortopedia do HGO S.A. -  212727153 ou 212727185

 

BAP

John Mitchell -  0013196537435 - mdsgns@lisco.com

José Ferreira - Ortomedicinal - 213150702/213152573 ortomedicinal@sapo.pt

Francisco Nunes - Artiorto - 218853247